Representações midiáticas de corpo, gênero e sexualidade - uma análise da série Orange Is The New Black

Tainá Cordova Schlösser, Patricia Barbosa Pereira

Resumo


As mídias atravessam, definem e perfazem nossas interações cotidianas. Na escola isto não tem sido diferente. No entanto, por falta de apropriação teórico-prática e pouca visibilidade didática, alguns artefatos midiáticos, quando associados ao aspecto pedagógico, podem ser generalizados negativamente como vilões e causadores da indisciplina. Partindo dessas ideias, bem como de nossas vivências no âmbito escolar, juntamente com a assunção de alguns assuntos polêmicos/tabus em discursos que circulam na atualidade, o presente artigo trará a análise de trechos da série estadunidense “Orange Is The New Black”, acessada com frequência por jovens e adolescentes em idade escolar. Para tal, faremos uso da Análise de Discurso francesa (AD), com a intenção de discutir como os temas sexualidade, corpo e gênero são representados na série, além de analisarmos como essas representações podem influenciar na construção de sentidos acerca de tais temas. Buscaremos verificar, também, se existe a possibilidade de se aprender com as mídias no escopo do Ensino de Ciências, em uma abordagem mais contextualizada quanto à educação sexual. A série apresenta conteúdos sociais, os quais podem ser discutidos em sala de aula para o estudo de temas transversais, principalmente em relação à educação sexual e no que diz respeito aos temas sexualidade, corpo e gênero, em uma alternativa à abordagem biológica-higienista, a partir de outros aspectos como os direitos humanos e sexuais.


Palavras-chave


Mídias; Sexualidade, Corpo e Gênero; Educação Sexual; Análise de Discurso.

Texto completo:

PDFA HTML


DOI: 10.3895/actio.v3n3.7710

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr