A participação da mulher na ciência: um estudo da visão de estudantes por meio do teste DAST

Mariana Bolake Cavalli, Fernanda Aparecida Meglhioratti

Resumo


Ao compreender a necessidade da equidade social da mulher e a importância de dar visibilidade à atividade científica feminina, o trabalho aqui desenvolvido tem como proposta investigar as ideias dos alunos a respeito de cientistas e como relacionam a mulher com a ciência. Foi aplicado o Teste DAST (Draw a Scientist Test), proposto por Chambers (1983), no qual solicita-se ao aluno desenhar uma pessoa cientista. Em ato contínuo, é requerido ao aluno que explique, no verso da folha, o seu desenho. Em seguida, foi realizada uma discussão coletiva com os alunos relativa aos desenhos produzidos e ao papel da mulher na ciência. A investigação foi feita com uma turma do oitavo ano do Ensino Fundamental de uma escola particular do município de Cascavel-PR. Concluímos que as alunas e os alunos investigados tinham uma visão estereotipada dos cientistas, com ideia de uma ciência masculinizada, mas que a problematização do desenho proporcionou uma reflexão inicial dos estereótipos apresentados pelos estudantes. Destacamos a importância do rompimento do estereótipo de cientista, sendo competência da educação científica desenvolver a compreensão dos alunos e das alunas referente à atividade científica.


Palavras-chave


Equidade social; Mulher; Cientista; Mulheres na Ciência; Ensino de Ciências.

Texto completo:

PDFA HTML


DOI: 10.3895/actio.v3n3.7513

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr