A educação profissional na perspectiva inclusiva: olhares sobre dados e resistências da EJA EPT no RS

Mariglei Severo Maraschin, Marcos José Andrighetto, Leandro Lampe

Resumo


Este estudo ocupa-se de analisar a EJA EPT no Rio Grande do Sul, na perspectiva da implementação dos cursos e das matrículas, e mapear os cursos que resistem nesse processo de 2007 a 2020. A partir de uma pesquisa documental e qualiquantitava, organizaram-se dados sobre os três Institutos Federais do RS e as duas escolas vinculadas à Universidade. Pode-se observar que a política de EJA EPT, no RS, constituiu-se em movimentos de avanços e de retrocessos e que, apesar do não fomento do Ministério da Educação, ainda resiste em algumas instituições, promovendo a inclusão de jovens e adultos a partir da escolarização e da profissionalização. Com os dados produzidos, evidencia-se a presença do público alvo ocupando os espaços escolares, o que reforça a importância dos estudos sobre EJA EPT, com atenção para além de apenas os números apresentados.


Palavras-chave


Políticas inclusivas; EJA EPT; Dialética das disputas; Historicidade

Texto completo:

PDF


DOI: 10.3895/rtr.v5n0.12920

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

_______________________

ISSN: 2525-6475

Indexadores, bases de dados e buscadores: Latindex | ERIH PLUS | Sumarios.org | LivRe - Revistas de acesso livre | Academia.edu | WorldCat | EZB Electronic Journals Library | The WZB Berlin Social Science Center | Universitätsbibliothek Leipzig: Elektronische Zeitschriften | Hochschule Zittau/Görlitz | Elektronische Zeitschriftenbibliothek - Universität Hamburg | Berufsakademie Sachsen: BA Sachsen | Diadorim

Indexador de métricas: Google Acadêmico

ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr