O paradigma educacional da Fundação Lemann e sua relação com organismos internacionais

Kelly Letícia da Silva Sakata, Gregory Luis Rolim Rosa

Resumo


A partir de pesquisa bibliográfica e análise documental, o presente texto tem por objetivo compreender qual o paradigma educacional da Fundação Lemann e sua relação com os Organismos Internacionais. Para tanto, indica quais são os parceiros da Fundação Lemann e analisa relatórios anuais e documentos desenvolvidos em parceria com os Organismos Internacionais. Conclui que o paradigma educacional proposto pela Fundação Lemann está voltado para o progresso econômico, em consonância com o projeto societário global neoliberal, o qual pauta-se em uma metodologia gerencial direcionada para os resultados em avaliações. Este paradigma relaciona-se com a Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE); a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco); o Programa para Reforma Educacional na América Latina e Caribe (Preal); e o Banco Mundial (BM).


Palavras-chave


Política Educacional; Fundação Lemann; Organismos Internacionais

Texto completo:

PDF


DOI: 10.3895/rtr.v5n0.12165

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

_______________________

ISSN: 2525-6475

Indexadores, bases de dados e buscadores: Latindex | ERIH PLUS | Sumarios.org | LivRe - Revistas de acesso livre | Academia.edu | WorldCat | EZB Electronic Journals Library | The WZB Berlin Social Science Center | Universitätsbibliothek Leipzig: Elektronische Zeitschriften | Hochschule Zittau/Görlitz | Elektronische Zeitschriftenbibliothek - Universität Hamburg | Berufsakademie Sachsen: BA Sachsen | Diadorim

Indexador de métricas: Google Acadêmico

ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr