O USO DO ROMANCE “NADA DE NOVO NO FRONT” COMO EIXO INTEGRADOR NAS AULAS DE HISTÓRIA NAS AULAS DE HISTÓRIA

Tereza Faustino de Brito, Janete Santa Maria Ribeiro

Resumo


Atualmente discute-se muito sobre o tema ensino de historia, pois se torna cada vez mais difícil atrair o aluno para esta prática. A disciplina de história inúmeras vezes é relegada a um ensino desconectado da realidade dos estudantes, e por isso, vista como uma matéria “morta” em meio ao efervescente mundo moderno. Portanto, faz-se necessário a interdisciplinaridade entre história e literatura na escola para que possa contribuir par modificar o quadro no qual o ensino de história está inserido; em razão disso, o presente artigo analisa como o professor poderá trabalhar um fato histórico, necessário à aprendizagem, que é a primeira guerra mundial, a luz do romance “ Nada de novo no Front”, do alemão Erich Maria Remarque homem que esteve na guerra ainda jovem e viu suas idealizações bélicas tornarem-se pó em meio ao caos sangrento, uma interessante visão da Alemanha durante o primeiro 


Palavras-chave


Ensino de história; Literatura; interdisciplinaridade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr