COMPONENTES DE RENDIMENTO DA CULTURA DA CANOLA SOBRE DIFERENTES POPULAÇÕES

Michael Luiz Ferreira, Paulo Fernando Adami, Vanderson Vieira Batista, Rodrigo Bucmaier, Rodrigo Antonio Hossa

Resumo


Nesse experimento buscou-se avaliar a interferência do espaçamento entre plantas nos componentes de rendimento da cultura da canolo cv. Hyola 575. Estudo foi conduzido em blocos ao acaso com três densidades 10, 13 e 16 plantas por metro linear. O experimento foi conduzido na safra 2017 e foi avaliada a população final de plantas, números de sílicas, número de ramificações, altura de plantas, massa de mil grãos e produtividade. Observaram-se diferenças estatísticas para a população final de plantas. Nas demais variáveis não foi observado diferenças entre as densidades avaliadas, concluído que a canola possui plasticidade em baixas populações. A produtividade média da lavoura experimental foi de 1.951 kg ha-1.


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV