MASSA DE FORRAGEM DE TIFTON 85 EM SILVIPASTORIL COM RELAÇÃO À RENQUES ARBÓREOS E POSICIONAMENTO GEOGRÁFICO

Rodrigo Macagnam, Lilian Regina Rothe Mayer, Nubia da Silva Oliveira, Olmar Antonio Denardim, Joel Pizzatto

Resumo


A massa de forragem em um sistema silvipastoril é uma das grandes dúvidas dos produtores, uma vez que há a presença do componente arbóreo gerando sombra no ambiente, podendo interferir na produção da pastagem. Este trabalho teve por objetivo identificar a massa de forragem e, em sistema silvipastoril com arvores da espécie Grevilha robusta e pastagem Cynodon sp.  Híbrido Tifton 85, em relação aos renques arbóreos e estações do ano e a localização geografica. O trabalho foi desenvolvido no município de Saudade do Iguaçu sudoeste do PR. A área de sistema silvipastoril possui 9 anos com espaçamento de 20 x 2,5m, da espécie arbórea G. robusta e a forrageira Tifton 85. Foram utilizadas quatro áreas com aproximadamente 0,2 hectares cada, sendo duas com os renques arbóreos no sentido leste-oeste e duas no sentido norte-sul. Cada área foi subdividida em cinco faixas imaginarias de 4 m cada, onde foram realizadas as coletas do material, sendo cinco amostras cada faixa, totalizando 20 amostras por ciclo de coleta, além das posições dos renques e da distancia das faixas em relação aos renques arbóreos avaliou-se também a massa de forragem nas diferentes estações do ano em delineamento inteiramente casualizado. A produtividade de forragem sofreu interferências quanto ao posicionamento geográfico dos renques arbóreos, de forma que a posição Leste/Oeste é mais favorável para o melhor desenvolvimento de Tifton 85. 


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV