COMPETIÇÃO DA SOJA CULTIVAR BRS184 COM PLANTAS DANINHAS

Juliana Domanski Jakubski, Henrique Felipe Müller, Ketlyn Custódio Jung, Pedro Valério Dutra de Moraes

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar a habilidade competitiva da soja BRS184 em diferentes populações de capim amargoso e capim vassourinha. O experimento foi conduzido em vasos expostos a condições de campo, na área experimental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Dois Vizinhos. O experimento foi conduzido em serie substitutivas, sendo um total de 8 plantas por vasos, nas proporções para soja e planta daninha de 100:00, 75:25, 50:50, 25:75, e 00:100. Ao final dos 45 dias foram coletadas as informações de estatura e matéria seca de todas as plantas de mesma espécie existentes no vaso. Foram construídos diagramas com base na produtividade relativa (PR) e produtividade relativa total (PRT). De acordo com a altura, observou-se que a cultivar BRS184 juntamente com as duas espécies de plantas daninhas não apresentou competição. Porém as análises de acumulo de matéria seca, demostraram que ocorreu competição devido as linhas côncavas para PR, e PRT inferior a 1, indicando antagonismo e prejuízo mútuo as espécies.

Palavras-chave: competitividade, capim amargoso, vassourinha, estatura, matéria seca



Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV