LEVANTAMENTO FLORÍSTICO DE EPÍFITAS EM FRAGMENTO FLORESTAL DA RPPN SALTO CHOPIM DE SÃO JORGE DO OESTE, PR, BRASIL

Jonas Jacir Minuzzo

Resumo


LEVANTAMENTO FLORÍSTICO DE EPÍFITAS EM FRAGMENTO FLORESTAL DA RPPN SALTO CHOPIM DE SÃO JORGE DO OESTE, PR, BRASIL

 

Jonas Jacir Minuzzo1*, Fábio Antônio Antonelo2, Daniela Aparecida Estevan3, Patrícia Ramos de Souza4 Valéria Mariano da Silva5

 

 

1 Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Acadêmico de Ciências Biológicas  CEP: 85660000 - Email: jjminuzzo@hotmail.com

2 Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Acadêmico de Ciências Biológicas - CEP: 85660000

3Universidade Tecnológica Federal do Paraná Docente de Ciências Biológicas - CEP: 85660000

4 Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Acadêmico de Engenharia Florestal - CEP: 85660000

5Neofloresta Serviços Ecossistêmicos

 

 

RESUMO

O presente trabalho objetivou realizar o levantamento florístico de epífitas em fragmento de Floresta Estacional Semidecidual da RPPN Salto Chopim de são Jorge do Oeste, estado do Paraná. Foram realizadas coletas entre novembro de 2016 a agosto de 2017, com frequência mensal, tentando percorrer toda a extensão da RPPN. Os materiais coletados foram processados e armazenados no herbário da UTFPR de Dois Vizinhos (DVPR). Literatura especializada e o auxílio de especialistas foram utilizados para realizar a identificação do material recolhido. O levantamento florístico das epífitas na RPPN de Salto Chopim teve um número amostral de 32 espécies identificadas até o presente, dispostas em 18 gêneros, alocados em 7 famílias, das quais, as orquídeas apresentaram maior riqueza de espécies (28,1%, com 9 espécies diferentes), seguido pelas bromélias, com 7 espécies (21,8% do total). Quase 30% da totalidade de espécies identificadas ainda não foi avaliada quanto ao grau de ameaça de extinção, em contrapartida, das que já foram aferidas, nenhuma se encontra ameaçada. As pteridófitas mostraram uma representatividade de 21,8%, com 7 espécies alocadas em duas diferentes famílias. As famílias que apresentaram maior diversidade estão amplamente descritas como grupos com alta biodiversidade, o que justifica os resultados encontrados. A riqueza encontrada foi expressiva e a presença de epífitas demonstra o grau de conservação de um local.

Palavras-chave: Epífitas, RPPN, Manejo conservacionista, Floresta Estacional Semidecidual, sudoeste do Paraná

 


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV