DETERMINAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE TOTAL EM FRUTAS PELA CAPTURA DO RADICAL LIVRE DPPH

Candida Nissola, Tais Regina Cutchma, Cristian Pedro Schu, Paula Montanher

Resumo


Os antioxidantes são moléculas com capacidade de capturar os radicais livres a partir de seus compostos fenólicos. Diante disso objetivou o estudo de frutos com possível capacidade antioxidante, utilizando o sistema DPPH, onde a leitura foi feita por espectrofotometria. Os resultados mostram uma variação de 0,353 abs a 0,834 abs, onde o fruto noz-pecã apresenta a melhor atividade antioxidante, apresentando 0.353 abs, ao comparar com o figo-de-jardim 0,662 abs, e ameixa amarela 0,834 abs.


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV