AVALIAÇÃO DO RISCO DE QUEDA DAS ÁRVORES NA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ – CÂMPUS DOIS VIZINHOS

Carla Talita Pertile, thayllane de campos Siega, Danieli Cristina Bueno, Greisa Mesquita, Paula Helena Pereira

Resumo


Esse trabalho objetivou avaliar o risco de queda das árvores implantadas em uma área de uso público do Campus da UTFPR em Dois Vizinhos – PR, através da elaboração do mapa do índice de risco de queda das árvores. Para isso, foi realizado um levantamento utilizando GPS (Sistema de Posicionamento Global) e o método de posicionamento relativo estático. A avaliação do risco de queda foi baseada na metodologia descrita em Seitz (2005), utilizando diagnose visual. Após a obtenção dos dados geográficos, esses foram inseridos em ambientes SIG, onde o mapa de classificação geral de risco foi gerado. Foram avaliadas 100 árvores de três espécies diferentes (Sibipiruna, Magnólia e Ipê). A avaliação do risco de queda constatou que 15 árvores apresentaram risco 5, destacando a primeira espécie. A avaliação do risco do tronco evidenciou que 20% das árvores apresentaram risco de queda igual a 5. A classificação geral de risco revelou que 11% dos indivíduos apresentaram índice de risco de queda alto, 37 indivíduos com risco de queda médio e 52 indivíduos com risco de queda baixo. Dessa forma, recomenda-se a supressão de cinco indivíduos da espécie Sipibiruna, bem como a realização de podas de segurança em alguns indivíduos e o monitoramento regular dessas árvores.


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV