LEVANTAMENTO DE CASOS DE MASTITE BACTERIANA E PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIMICROBIANA EM BOVINOS DE LEITE EM DOIS VIZINHOS – PR.

Fabíola Mundstock Mohr

Resumo


A mastite bovina bacteriana é uma das patologias em emergência no cenário de animais de produção, sendo de grande importância conhecer suas causas, bem como, as maneiras de trata-la, visando assim a diminuição de sua ocorrência e das perdas na produção leiteira, sendo que está, vem se demonstrando em constante crescimento na região Sudoeste do estado do Paraná. Neste contexto, o presente trabalho teve por objetivo detectar os casos de mastite bovina em leites encaminhados ao laboratório de microbiologia, bem como observar o padrão de resistência microbiano. Para tanto, utilizou-se as técnicas de identificação bacteriana e susceptibilidade antimicrobiana descritos por Kirby Bauer. Das 84 amostras analisadas, 91% apresentaram crescimento microbiano, havendo predomínio da bactéria Staphylococcus aureus. Observou-se ainda que o antibiótico ciprofloxacino foi o que demonstrou menor índice de resistência pelas bactérias isoladas.


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV