Fracionamento e caracterização de carboidratos de diferentes forrageiras cultivadas no sudoeste do Paraná

Laura Zorzi

Resumo


O objetivo foi caracterizar o fracionamento de carboidratos de dez forrageiras destinadas a alimentação animal. Entre essas, as leguminosas Cornichão, Trevo e Ervilhaca se destacaram quanto ao teor de carboidratos não fibrosos (CNF) e da fração B1 e o capim Estrela com o menor valor de CNF e alto teor da fração C’. Os maiores valores de carboidratos fibrosos (CF) foram do Tifton, Sorgo e Aruana. As aveias cv 126 e 61 destacaram pela fração B2, e o Azevém pelo teor da fração A. As leguminosas destacaram-se entre as forrageiras quanto a degradabilidade após a caracterização dos carboidratos. 


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV