DESEMPENHO ZOOTECNICO INICIAL DE FRANGOS DE CORTE SUBMETIDOS A INOCULAÇÃO IN OVO DE LISINA E METIONINA

Priscila Michelin Groff-Urayama, Joselaine Bortolanza Padilha, Suelen Maria Einsfeld, Mateus Henrique Georges, Sabrina Endo Takahashi

Resumo


Este estudo avaliou o desempenho produtivo inicial de frangos de corte submetidos à inoculação de aminoácidos in ovo. Para isso, 432 ovos  foram selecionados e distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com nove repetições e incubados em três tempos, sendo 144 ovos por vez. No 18º dia de incubação, foi realizada a inoculação com os tratamentos T1: 0,5 ml de solução salina 0,9; T2: metionina 20 mg / 0,5 ml de solução salina 0,9%; T3: lisina 20 mg / 0,5 ml de solução salina 0,9%. Após o nascimento, esses animais foram alojados no aviário experimental com os mesmos tratamentos da inoculação durante 7 dias. As aves foram avaliados em relação ao ganho de peso, consume de ração e conversão alimentar. Não houve diferença estatisticamente significante em nenhuma das avaliações realizadas. Assim, a inoculação in ovo de metionina e lisina (20 mg / 0,5 ml) não mostra melhora nas variáveis de desempenho até 7 dias de vida, de pintos de corte.


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV