AVALIAÇÃO DE DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE ÁCIDO INDOLBUTÍRICO NO ENRAIZAMENTO DE ESTACAS DE Rhododendron indicum.

Maraiza Minozzo

Resumo


A azaléia (Rhododendron indicum) é um arbusto pertencente a família Ericaceae, a espécie possui baixa porcentagem de enraizamento e produção. O objetivo do trabalho foi avaliar o enraizamento de estacas semilenhosas de azaléia (Rhododendron indicum) em diferentes concentrações de ácido indolbutírico (AIB). O experimento foi realizado com estacas de 10cm e corte bisel na parte inferior, que tiveram suas bases imersas durante dez segundos em diferentes concentrações de AIB (0, 1000 e 2000mgL-1). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, onde se realizou 3 tratamentos com 4 repetições cada.O plantio foi realizado em tubetes contendo vermiculita de granulometria fina, mantidos em casa de sombra por 75 dias, sob duas irrigações manuais diárias. Para a espécie de Rhododendron indicum,pode-se concluir que a utilização de AIB não influenciou na formação de raízes.

Palavras-chave: Propagação vegetativa, Azaléia, Estaquia


 


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV