PRODUTIVIDADES DE CANOLA (Brassica napus L. var oleífera) HYOLA 433 EM DIFERENTES DENSIDADES

Jordano Sandri da Silva, Paulo Fernando Adami, Vanderson Vieira Batista, Michael Luiz Ferreira, Douglas Camana, Rodrigo Bucmaier

Resumo


A canola (Brassica napus L. var oleífera) é uma espécie oleaginosa, da família das crucíferas, passível de incorporação nos sistemas de produção de grãos do Sul do Brasil. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo da Canola Hyola 433 em diferentes densidades de plantas, densidade 1 (9 plantas/metro/linear), densidade 2 (12/plantas/metro/linear) e densidade 3(15 plantas/metro/linear). O delineamento experimental foi blocos ao acaso, com 3 blocos e parcelas subdivididas. O plantio foi realizado no dia 04 de abril de 2017 na fazenda experimental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois vizinhos-PR, com as avaliações de população final, número de síliquas, número de ramificações, massa de mil grãos, produtividade e altura de planta. Nas condições de estudo não foi observado diferença estatística entre as variáveis.

Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV