CONCENTRAÇÃO INIBITÓRIA MÍNIMA DO CARVACROL FRENTE A FUNGOS DETERIORANTES DE FRUTAS

Franciélly Stadler, Alessabdra Machado Lunkes, Amanda Adria, Felipe Guilherme Brunetto Bretschneider, Éder da Costa Santos

Resumo


O desperdício de frutas no Brasil chega a 30% da produção, destas, 80% ocorrem no período pós-colheita, fungos patogênicos vem aparecendo como principais causas destas perdas. O surgimento de novas estirpes fúngicas e microrganismos resistentes, aliados a questões de segurança alimentar e ambientais, impulsionam a busca por métodos alternativos para o controle das perdas pós-colheita. Diante disso testou-se o carvacrol, aditivo natural por ensaio de inibição de crescimento em caldo pela técnica da microdiluição em microplaca de 96 poços contra os fungos Fusarium solani, Colletrochium sp. e Colletrochium gloesporioides. O carvacrol apresentou-se efetivo como fungistático e fungicida de fungos.

Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV