ATIVIDADE ANTIFÚNGICA E DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO INIBITÓRIA MÍNIMA (CIM) DE ÓLEOS ESSENCIAIS SOBRE OÍDIO.

Mycheli Preuss Preuss da Cruz

Resumo


O objetivo do trabalho foi obter a concentração mínima inibitória, e o efeito dos óleos essenciais de chia (Salviahispanica L), guaçatonga (Casearia sylvestris Sw), melaleuca (Melaleuca alternifólia) sobre Erysiphe diffusa in vitro. O experimento foi conduzido no Laboratório de Fitossanidade da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), e no laboratório de Microbiologia da União de Ensino do Sudoeste do Paraná – UNISEP, Campus de Dois Vizinho, Paraná (PR), durante o ano de 2017. A atividade antifúngica dos óleos essenciais foi realizada a partir do método de microdiluição em caldo, determinando a concentração inibitória mínima (CIM) dos óleos frente M. difusa, conforme o protocolo padronizado pela CSLI (2002). Os óleos  apresentaram ação fungicida sobre o fungo impedindo seu crescimento micelial, sendo mínima concentração para óleo de chia  62,5 mg mL-1, para melaleuca e guaçatonga melhor efeitos foram na concentração de 31,25 mg mL-1.


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV