DO INGRESSO A PERMANÊNCIA: ESTUDOS SOBRE POLÍTICAS AFIRMATIVAS DE COTAS NO CURSO DE AGRONOMIA

Jean Carlo Nogueira Baron, Paola Alves, TATIANE KUCMANSKI, Aline ARIANA ALCÂNTARA ANACLETO

Resumo


Considerando-se que a educação é um direito fundamental de todo ser humano, sem qualquer distinção, direito este protegido tanto pela legislação nacional quanto pela internacional no âmbito dos direitos humanos universais, percebeu-se que sua regulamentação, para o Ensino Superior de esfera federal, é muito recente. E, em razão disso, há uma lacuna de iniciativas e pesquisas, nessa esfera da educação, com o ingresso e permanência de alunos que adentraram na Universidade por meio de políticas afirmativas. Sendo assim, o objetivo desse estudo foi compreender a efetivação do sistema de cotas do curso de Agronomia da UTFPR Campus Dois Vizinhos. Para isso, foi realizado um levantamento de dados quantitativos do sistema acadêmico do Campus desde o segundo de semestre de 2011, até o período atual, segundo semestre de 2017. A análise quantitativa, buscou relacionar os dados dos estudantes cotistas que ingressaram, com os que evadiram, os estudantes regulares com que os concluíram o curso. Os resultados indicam de maneira geral a efetivação das políticas afirmativas, por meio da ocupação das vagas desatinadas ao sistema de cotas.

Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV