ANÁLISE DE CORRELAÇÃO DE PEARSON ENTRE VARIÁVEIS MORFOLÓGICAS E PRODUTIVAS NA CULTURA DA SOJA

Lucas Link, Maikely Luana Feliceti, Roniel Giaretta, Paulo Roberto Rabelo, Vanderson Vieira Batista, Evandro Martin Brandelero

Resumo


O objetivo deste trabalho foi realizar uma análise de correlação de Pearson entre variáveis morfológicas e produtivas na cultura da soja. O experimento foi conduzido em propriedade rural no município de Dois Vizinhos. Foram cultivadas 21 cultivares comerciais de soja no delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro parcelas para cada tratamento. Foram avaliadas as características morfológicas e produtivas da cultura, as quais foram acamamento, altura de planta, altura de inserção de primeira vagem, número de nós produtivos por planta, população final, plantas emergidas, ramos produtivos por planta, número de vagens por planta, número de grãos por vagem, massa de mil grãos e produtividade. Verificou-se que há dependência entre algumas variáveis, como produtividade e massa de mil grãos, altura de planta e acamamento, e também número de vagens por planta e número de nós por planta.

                                                

Palavras-chave: Produtividade, Glycine max., Dependência


Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV