PASTEJO E ADUBAÇÃO NITROGENADA SOBRE A DENSIDADE DO SOLO EM UM SISTEMA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA – PECUÁRIA APÓS A CULTURA DO FEIJÃO.

Barbara Elis Santos Ruthes, Laércio Ricardo Sartor, Alisson Kunz, Junimar Alex Dal Chiavon, Vitor Artuso

Resumo


O objetivo deste trabalho foi estudar a influência do pastejo e de doses de nitrogênio nos atributos físicos do solo após a cultura do feijoeiro em um sistema de integração lavoura – pecuária. O delineamento foi em blocos ao acaso com parcelas subdivididas e três repetições. Os tratamentos foram quatro doses de nitrogênio, sendo 0, 75, 150 e 225 kg ha-¹ na pastagem, com a cultura do feijão no verão. As subparcelas foram caracterizadas pela presença ou ausência de pastejo na cultura de inverno que recebeu doses de N. A amostragem para a avaliação da qualidade física do solo foi realizada após a colheita da cultura do feijão. As amostras foram coletadas nas camadas de 0-0.5m, 0.05-0.10m e 0.10-0.15 m. Para a densidade do solo observou-se interação significativa entre os fatores doses de N e pastejo na camada de 0 – 0.05 m.  Não foram observados valores limitantes para o desenvolvimento das culturas.

Texto completo:

PDF


CCT - UTFPR - DV